qual fogao comprar para apartamento qual fogao comprar para apartamento

Manual Atlas: Como escolher o fogão ideal para a sua cozinha

18 minutos para ler

Tendências de decorações e ambientes vêm e vão. Tudo muda a todo instante quando se trata de novos modelos de cozinha, por exemplo. Cores, móveis planejados e disposições novas são testados para se encaixar no principal ambiente da casa e, por isso, é de suma importância saber como escolher seu eletrodoméstico adequadamente — como é o caso de qual fogão comprar para apartamento.

Em poucos anos alguns móveis já não se adequam aos novos estilos e muitas peças e utensílios já se desgastaram pela utilização constante. Aquela panela já não é mais a mesma e alguns produtos já estão com dias contados.

O problema é que isso também acaba acontecendo com a maioria dos aparelhos presentes na cozinha — mesmo com uma demanda menor de troca, uma hora ou outra os eletrodomésticos também precisam de atenção especial.

Como os fogões são o coração de toda cozinha e uns dos produtos que mais duram, eles já saem de fábrica com essa missão: atender todas as necessidades dentro do seu processo de cocção, durando anos e mais anos, com uma vida útil que compensa o investimento.

Por isso, resolvemos trabalhar em um conteúdo completo, com tudo o que você deve saber sobre como escolher fogão da maneira adequada. Portanto, aproveite cada informação do nosso manual Atlas e encontre o seu fogão ideal!

Qual a importância de escolher o fogão certo?

Se você está precisando de um fogão novo por questões de desgaste ou quer fazer aquela reforma merecida na cozinha, é fundamental escolher o fogão correto. Afinal, o nosso fogão pode muito bem ser melhor que o anterior — ou aquele que ficava na casa dos nossos pais —, já que hoje contamos com soluções tecnológicas em tantos aspectos!

Com o passar dos anos alguns fogões convencionais foram perdendo espaço para os mais modernos e com novas funcionalidades. E a necessidade de adaptar a cozinha com esse produto deve ser a principal preocupação quando se trata de renovação.

No meio dessa descoberta pensamos em muitas possibilidades. Com muitas opções no mercado, procuramos sempre pelo mais moderno, bonito e econômico. Certo? Contudo, também é importante considerar outros fatores que, na maioria das vezes, ninguém dá atenção: as necessidades e a rotina da família é um deles.

Quem não deseja e merece uma dose a mais de conforto, funcionalidade e otimização das tarefas do dia a dia? Apesar de ser uma decisão complicada, você precisa aprender o melhor caminho para conquistar essa realidade.

Então, afinal, como escolher um fogão?

Pensando em tudo o que já vivenciamos com a experiência que temos na área, elaboramos várias dicas para você acertar na troca do fogão e renovar sua cozinha com muito mais confiança e tranquilidade. Leia cada item, reflita trazendo as informações para a sua vida e coloque em prática o que achar necessário!

Considere o perfil dos moradores da casa

Antes de comprar um fogão, ou qualquer outro eletrodoméstico para a sua cozinha, é interessante se fazer algumas perguntas:

  • A sua família almoça em casa todos os dias?
  • Qual quantidade de alimentos você prepara, de acordo com o número de pessoas?
  • Você recebe visitas para almoços ou promove jantares em casa?
  • Quais tipos de panela você prefere usar?
  • Você gosta de cozinhar?

Quando temos as respostas para essas questões, fica mais fácil traçar um perfil dos moradores e do usuário do fogão. Então, é bom pensar em funcionalidade, comodidade e preços juntos, sem deixar de lado o design e a beleza do eletrodoméstico.

Pense na frequência de uso

Além de todos os pontos que ressaltamos anteriormente, pense com carinho na frequência com que vai utilizar o fogão. Isso porque, se você mora sozinho, talvez um modelo pequeno de 4 bocas já possa auxiliar da melhor forma e economizar espaço na cozinha, por exemplo.

Há outras opções para quem mora com a família, tem filhos ou é casado, como um fogão de 5 ou 6 bocas. Entretanto, dependendo do espaço que tiver, alguns desses modelos podem não se adaptar à sua cozinha — sendo necessárias algumas modificações.

O ideal é sempre considerar certas características da situação em que você se encontra:

  • se sua cozinha é planejada ou convencional;
  • se você mora sozinho ou com mais pessoas;
  • se você mora em um imóvel próprio ou alugado;
  • se você se muda constantemente;
  • que tipo de panela costuma utilizar para cozinhar;
  • qual o espaço para a disposição do eletrodoméstico;
  • se você costuma receber muitas visitas;
  • se você utiliza o forno regularmente;
  • se você tem crianças dentro de casa.

De acordo com esses direcionamentos, você vai descobrir todas as necessidades e adequá-las à escolha do melhor fogão para a sua casa.

Verifique o tamanho e o espaço disponíveis

Quando se trata de adaptar o espaço na cozinha, logo pensamos em praticidade e agilidade. No dia a dia é comum que muitas tarefas dentro desse cômodo sejam rotineiras. Por isso, é essencial escolher o fogão que mais se encaixa com nossas demandas atuais.

Uma escolha que promete dar eficiência na hora de preparar refeições das mais diversas possíveis é a mais inteligente, nesse caso. O desafio está em saber as dimensões de sua cozinha, pois, dependendo do ambiente, há muitas opções diferentes. Algumas delas estão mais ligadas à variação de móveis de sua escolha. Para móveis planejados, por exemplo, os mais convencionais são os modernos cooktops e o fogão de embutir.

Priorize a facilidade de limpeza

Para ir de encontro à realidade agitada das famílias, tudo o que facilita o dia a dia já ajuda bastante. Então, quando for escolher o seu fogão, procure por algo prático, que seja fácil de limpar.

Nesse sentido, os modelos com acabamentos lisos são os melhores — as superfícies de aço inox ou de vidro contribuem para a limpeza, já que são de baixa porosidade. Além disso, vale investir em fogões que têm botões e outras peças removíveis, bem como prateleiras reguláveis e deslizantes e um forno autolimpante.

No caso das prateleiras, isso facilita a retirada da sujeira, como alimentos que acabam caindo nas frestas do eletrodoméstico. O forno, no caso, quando é autolimpante, tem um revestimento esmaltado que “queima” os pingos de gordura em sua parede, deixando o seu interior mais limpo por um período maior de tempo.

Escolha o modelo que mais atende sua cozinha e seu gosto

Hoje, o mercado oferece inúmeras opções de fogão. A seguir, mostramos a você quais são as alternativas que, além de serem tendências, também agregam e muito em funcionalidade, praticidade e economia.

Cooktop

Algumas características marcantes desses modelos são as dimensões e a possibilidade de posicionamento em qualquer parte da sua cozinha. São ótimas opções, inclusive, para projetos mais elaborados, como é o caso de cozinhas planejadas.

Uma dica importante para esse tipo de fogão é que basta posicioná-lo o mais próximo de uma saída de gás e conectá-lo a uma tomada, em cima de uma bancada ou prateleira, para poder utilizá-lo. Essa é uma escolha que promete ser moderna, prática e eficiente. Isso porque, além do design diferenciado, um cooktop faz parte do time de fogões que são mais fáceis de limpar.

Existem alguns modelos, por exemplo, que apresentam queimadores com tripla chama — é o caso de alguns cooktops da Atlas. Isso quer dizer que existem três anéis que geram as chamas, produzindo mais calor e otimizando o tempo na cozinha. Esses fogões também trazem trempes de ferro fundido e estáveis, com acendimento superautomático. Beleza e alta performance alinhados para o dia a dia!

Fogão de Piso

Talvez a opção mais procurada por muitas pessoas, o fogão de piso não fica atrás quando se trata de atender as necessidades do cotidiano. Para essa alternativa há modelos com até 6 bocas, por exemplo, para quem realmente precisa pegar pesado na cozinha. Porém, também é possível adquirir produtos com apenas 4 ou até mesmo 5 bocas, de forma a otimizar o espaço e suprir a demanda de quem cozinha um pouco menos.

Outro diferencial para essa categoria também segue a linha do seu tamanho. Por ser um modelo para casas com mais espaço na cozinha, os fornos se tornam o principal ponto forte, pois são mais espaçosos e funcionais, dando a liberdade que o usuário precisa para preparar suas refeições sem contratempos.

Algumas opções de fogões de piso podem até vir acompanhadas com outros aspectos que auxiliam na hora de cozinhar ou assar, podendo realizar mais de um prato ao mesmo tempo. Será que esse seria o fogão ideal para a sua residência? Vale a pesquisa!

Aliás, dentro dessa categoria, podemos citar o fogão de inox. Antes, esse revestimento era indicado para regiões litorâneas, por exemplo, suscetíveis à maresia e à alta umidade do ar. Porém, com o tempo esse material passou a fazer parte do acabamento de vários eletrodomésticos, já que dão um aspecto estético sofisticado às decorações.

Mais do que beleza, o aço inox também confere durabilidade ao produto, fazendo com que a sua compra tenha um ótimo custo-benefício por anos. E não pense você que a sua cozinha vai ficar restrita ao tom metálico do material — existem linhas de fogões black e brancos, para combinar ainda mais com a sua decoração.

Fogão com mesa de vidro

Os fogões mais convencionais, como os de piso, agora estão sendo produzidos com a sua mesa de vidro, lembrando bastante os cooktops. Assim, você consegue ter ao mesmo tempo o design moderno destes últimos e a funcionalidade do fogão de piso maior, com o forno.

Além do atrativo estético presente no produto, a mesa de vidro apresenta outras vantagens. Um grande benefício, por exemplo, é a sua facilidade de limpeza. Basta um pano úmido para retirar a sujeira e deixar a superfície limpa e pronta para o próximo uso. Outras características marcantes são também a durabilidade e a resistência do material — os vidros temperados são altamente resistentes a altas temperaturas e ao peso das panelas.

Forno Elétrico

Algumas pessoas ficam com dúvidas em relação a essa opção, pois pensam que o forno elétrico tem as mesmas funções de um micro-ondas. No entanto, isso não chega nem perto das mesmas características desse outro eletrodoméstico.

Um forno elétrico de bancada se equivaleria ao forno convencional que acompanha o fogão, por exemplo. O diferencial nesse ponto vai de encontro com a versatilidade, já que você pode posicioná-lo de forma que fique mais próximo a uma zona mais confortável, onde não é preciso abaixar para pegar alguma coisa ou para visualizar a refeição sendo assada.

Assim como os cooktops, entretanto, os fornos elétricos também precisam ser planejados de acordo com o espaço na sua cozinha. Por isso, sempre consulte as medidas antes de montar o seu móvel. Além disso, procure escolher um forno com boas funcionalidades como grill, timer, interior “limpa fácil” e outros atributos importantes, pois isso vai facilitar sua vida na cozinha.

Um bom exemplo é o modelo Atlas que traz todas essas facilidades: um grill dourador, um timer sonoro para até 120 minutos, controle automático de temperatura, vidro duplo, iluminação interna e luzes indicadoras de funcionamento, além de três níveis de altura da grade, que facilita o uso, somados ao acabamento interno “limpa fácil”.

Invista também no design do fogão

Por falar em estilo e decoração, não é só porque devemos atentar para as funcionalidades e facilidades, que vamos escolher um fogão “sem graça”. A beleza do produto também importa muito, já que os detalhes fazem a diferença e impressionam.

O ideal é seguir a linha da decoração da sua cozinha: se você usa mais vidro, inox, se os móveis e eletrodomésticos são pretos, brancos etc. Tente somar essa estética às funcionalidades do dia a dia e transforme o ambiente em um espaço altamente utilizável, de fácil manutenção e limpeza e confortável para toda a família.

Nesse sentido, não acompanhe apenas as tendências do mercado. Procure conciliar a escolha do seu produto de acordo com a tecnologia que mais facilita sua vida na cozinha, aproveitando ao máximo seu fogão.

Reveja o consumo de energia

Considerar aspectos de economia de energia também pode fazer muita diferença na hora de escolher o seu produto. Hoje em dia é muito importante para o meio ambiente optar por eletrodomésticos que favoreçam a sustentabilidade, por exemplo.

Eletrodomésticos mais antigos podem não ser ideais para esse aspecto, pois não são devidamente adaptados em relação à economia de energia. Procure sempre verificar todos esses fatores e exija produtos com selo para sua residência!

A verificação do selo do INMETRO ajuda muito nessa parte. Nele você pode consultar não apenas o consumo de energia, mas também outros detalhes como voltagem, eficiência e média de gasto de energia por mês.

A eficiência, nesse caso, é medida de acordo com aspectos essenciais para economia, como isolamento térmico, tensão do produto e gasto médio por kWh — sendo classificados com notas de A (consumo baixo) até G (consumo muito elevado).

Além do mais, por que não escolher um produto que, além de ajudar no dia a dia, também gera economia na conta de luz no final do mês? Pagar um valor absurdo na conta de energia elétrica pode gerar muita frustração quando se trata de adquirir um novo produto, afinal. Hoje não é mais aceitável viver com desperdícios, sejam de qualquer natureza.

Analise o custo-benefício do produto

Quando se trata de custos logo vem à cabeça o preço dos eletrodomésticos. Por essa ser uma linha essencial na cozinha os valores podem ser bem variados de acordo com o modelo que você deseja escolher.

Mais uma vez não se esqueça de pensar em todas as necessidades e qual fogão tem o melhor custo-benefício para sua rotina. Se você já passou por todas as dicas deste manual e decidiu qual é a melhor opção para o seu dia a dia, então chegou a hora de pesquisar preços.

Se o produto parece caro no momento, pense em longo prazo e veja o quanto ele pode economizar em relação ao tempo de preparo dos alimentos, ao consumo de energia (como falamos), entre outros pontos.

Faça um bom planejamento para a compra

Agora que você já sabe qual melhor forma de como escolher fogão e já pesquisou todas as funcionalidades e preços, é dado o momento de se planejar. Isso porque, com um modelo novo, talvez você precise realizar adaptações na cozinha — como é o caso de fogões embutidos e cooktops.

Se for o caso de uma cozinha planejada, já reserve um horário com o marceneiro que for instalar o seu nicho para que todas as medidas se adequem.

Por outro lado, caso você ainda precise retirar um fogão que já tem sido utilizado no dia a dia, programe-se para removê-lo antecipadamente, pensando no transporte e em como receber o seu novo produto. Aqui, é fundamental se preparar para evitar problemas com a entrega do seu fogão.

Como escolher o fogão ideal para o seu apartamento?

As dicas abordadas até aqui são ótimas, mas quem mora em apartamento costuma ter algumas peculiaridades ao escolher o fogão certo. Por isso, vale a pena pontuar detalhes que fazem diferença no dia a dia de quem vive em ambientes mais enxutos e usá-los na hora de saber qual fogão comprar para apartamento. Veja só!

Avalie o espaço disponível

As cozinhas em apartamentos geralmente são reduzidas para otimizar a residência, de modo que sobra pouco espaço para eletrodomésticos maiores. Nesse sentido, o que muitas pessoas têm feito é optar pelos cooktops, por exemplo, que podem ser acoplados a bancadas e pias, sem desperdiçar nenhum centímetro do ambiente.

Por isso, antes de sair por aí escolhendo seu fogão, analise com antecedência a disposição ideal dos seus armários, bancadas e outros eletrodomésticos. Não pense que um planejamento ou um projeto sejam perda de tempo! Por mais simples que seja, vale projetar no papel para eliminar retrabalhos e outros tipos de dores de cabeça lá na frente.

Faça uma decoração alinhada a todo o apartamento

Apartamentos modernos adotam um estilo mais minimalista e, na maioria das vezes, contam com espaços conjugados. Isso quer dizer que a sua cozinha tem grandes chances de ficar à mostra, sendo necessário que ela dialogue com o restante dos ambientes.

Vendo por esse lado, você pode adotar um estilo mais neutro, com eletrodomésticos pretos ou fogões menores ou cooktop de até 4 bocas, por exemplo. Além de deixarem o ar mais sofisticado, eles não se destacam de forma extravagante e negativa, sendo possível aderir uma decoração unificada à área de jantar, a uma ilha ou até mesmo à sala de estar — que geralmente são os ambientes que ficam colados à cozinha.

Utilize o fogão como um componente

Na pegada anterior, o seu fogão pode ser um componente da decoração, fazendo a cozinha ficar mais atrativa, sem deixar de ser funcional, é claro. Quando ele está bem posicionado, é capaz de se tornar o coração do espaço, mantendo os olhos voltados para seu design — que deve ser conservado de acordo com as dicas que já apresentamos aqui.

Analise a necessidade de mudanças

Se o seu apartamento é próprio e você não pensa em se mudar tão cedo, pode investir nos móveis planejados e incluir no projeto o seu fogão. Agora, se existem planos de mudar de casa, de fazer reformas ou se você vive de aluguel, talvez não seja uma boa ideia investir em modelos fixados ou embutidos em móveis. Isso porque, em outros ambientes, eles não atenderão às novas dimensões, sendo necessária a substituição.

Escolha um fogão que ofereça mais segurança

Os fogões elétricos e aqueles que funcionam por indução são muito recomendados para evitar queimaduras. Logo, são ideais para apartamentos com crianças, por exemplo. Em primeiro lugar, são modelos que dispensam gás e chamas para cozinhar.

Assim, vazamentos são evitados, bem como acidentes mais comuns de queimaduras. Contudo, mesmo que esses eletrodomésticos sejam mais seguros, é importante manter os pequenos longe da cozinha, pois todo cuidado é pouco quando se trata da sua segurança.

Com todas as dicas e informações presentes no nosso manual de como escolher fogão, as possibilidades são praticamente inexistentes de fazer uma compra ruim. Se você tiver o cuidado de seguir as indicações e de analisar atenciosamente suas necessidades, comparando-as com as opções do mercado, vai se surpreender com o novo produto em sua cozinha!

É claro que não podíamos deixar de citar um detalhe importantíssimo: na hora de pensar em qual fogão comprar para apartamento ou casa, o modelo ideal também deve ser de uma marca de qualidade, com boa reputação no mercado. Isso elimina dores de cabeça e deixa você livre de ter que realizar outra compra em um curto espaço de tempo.

Então, agora que você já tem todas as informações essenciais sobre como escolher fogão, entre em contato conosco e saiba como podemos auxiliar na transformação que a sua cozinha merece!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

2 thoughts on “Manual Atlas: Como escolher o fogão ideal para a sua cozinha

    1. Olá Waldecyr. Todos os fogões saem de fábrica com funcionamento do gás GLP, de botijão. Para o Gás encanado, necessita fazer a conversão. Você pode solicitar sua conversão em até 90 dias após a entrega do seu produto. Ela é realizada de forma gratuita pela Atlas se solicitada nesse período. Para agendar sua visita técnica precisamos de alguns dados pessoais e do seu novo fogão. Basta preencher essas informações diretamente em nosso formulário de contato e nossa equipe de apoio ao consumidor entrará em contato para localizar a autorizada mais próxima de sua região que irá atendê-la. https://goo.gl/CoeLYg

Deixe um comentário