limpeza de eletrodomésticos limpeza de eletrodomésticos

Confira 5 dicas de como fazer a limpeza de eletrodomésticos

6 minutos para ler

Realizar a limpeza de eletrodomésticos é uma ação fundamental para manter sua durabilidade e evitar trocas frequentes. Afinal, com uma boa limpeza, você consegue remover os resquícios de alimentos e sujeiras, preservando todas as funcionalidades dos equipamentos, além de garantir uma casa esteticamente confortável e com um aroma agradável.

Acontece que existem muitas dicas para realizar o procedimento, bem como diversos produtos que são aplicados durante a limpeza, o que pode trazer dúvidas sobre qual é a melhor forma de deixar seus equipamentos limpos e cheirosos.

Pensando em ajudar você a manter sua casa mais bela, preparamos este conteúdo com 5 dicas de limpeza de eletrodomésticos. Confira as informações para garantir uma excelente higienização!

1. Entenda quais são os principais produtos a serem utilizados

Uma coisa é certa: para cada eletrodoméstico existe um produto mais indicado para a higienização. Isso porque existem alguns materiais que podem danificar o equipamento e reduzir a sua vida útil ou até mesmo prejudicar suas funções.

Por exemplo, utilizar desengordurantes para a limpeza do fogão, higienizando com a parte macia da esponja, é altamente indicado para manter o eletrodoméstico funcionando corretamente. Por outro lado, usar álcool na sua superfície já não é interessante, uma vez que é um produto inflamável e pode colocar em risco a saúde da sua família.

A dica aqui é reconhecer quais são os materiais que constroem o seu eletrodoméstico e, então, procurar produtos que realizam a limpeza adequadamente. Assim, você garante o uso correto dos produtos e não coloca em risco a durabilidade do equipamento e, principalmente, a saúde de todos.

Indo mais além, é importante ter em mente que existem alguns eletrodomésticos que não demandam a utilização de um produto para a sua higienização mais profunda. Por exemplo, a limpeza interna da cafeteira pode ser feita apenas com água, ligando a máquina sem o pó para que os canos fiquem limpos com a água quente.

2. Descubra quais são as más práticas

Agora que você já sabe que deve reconhecer os melhores produtos para serem aplicados nos eletrodomésticos, é fundamental identificar quais são as práticas não recomendadas, ou seja, que podem danificar a estética e a funcionalidade dos seus equipamentos. Veja quais são elas:

  • utilizar palha de aço para higienizar superfícies lisas, pois pode arranhar o eletrodoméstico e deixar marcas permanentes;
  • investir em produtos abrasivos e com fluidos inflamáveis para a higienização de qualquer eletrodoméstico, como geladeirase micro-ondas;
  • usar o aspirador para limpar todos os eletrodomésticos — lembre-se de que ele é mais indicado para equipamentos como caixas de som, teclados mecânicos e ventiladores;
  • utilizar detergentes com amoníacos e ácidos, assim como vinagre e soda para realizar a limpeza;
  • não manter a frequência correta de limpeza, deixando acumular sujeira ou resquícios de alimento;
  • esquecer de utilizar produtos específicos para eletrodomésticos brancos, uma vez que eles tendem a amarelar e demandam um cuidado estético especial;
  • esquecer de conferir o manual do usuário para analisar se existe alguma recomendação específica de limpeza, como frequência ou produtos a serem evitados.

As práticas citadas podem trazer prejuízos para você e sua família, danificando os diversos produtos na sua casa e envolvendo maiores gastos no mês. Para garantir que elas não aconteçam, você pode rotular cada produto com a sua indicação de uso e manter um cronograma de higienização frequente.

3. Saiba a frequência de limpeza

No tópico anterior, comentamos que um dos principais erros relacionados à limpeza de eletrodomésticos é não seguir a frequência correta de higienização. Isso acontece porque a maioria dos equipamentos apresenta uma demanda diferente, isto é, apresentam diversas periodicidades.

Por exemplo, enquanto a limpeza dos refrigeradores, como geladeira e freezer, deve ser feita semanalmente, a higienização do interior da cafeteira só precisa ser realizada uma vez por mês. Por outro lado, os fornos devem ser limpos semanalmente, os fogões a cada uso e a máquina de lavar louça mensalmente.

Ao conhecer qual é a frequência correta, você consegue montar um cronograma de higienização e garantir que seus eletrodomésticos fiquem sempre limpos. Uma excelente forma de assegurar a periodicidade de cada produto é conferir o manual de usuário, todos indicam qual deve ser a regularidade na limpeza.

4. Entenda por que é importante se preocupar com a limpeza geral

É por isso que a limpeza geral é tão importante para preservar a durabilidade e o funcionamento máximo dos seus eletrodomésticos. Investir na higienização daquilo que não está à mostra, como a parte traseira de fogões e fornos, faz parte do processo de limpeza, aumenta a vida útil e evita trocas frequentes.

Afinal, ainda que você não consiga enxergar todos os dias esses ambientes, eles podem acumular sujeira e prejudicar o funcionamento dos seus eletrodomésticos. A recomendação é que uma limpeza mais profunda seja feita mensalmente.

Para tanto, você pode — e deve! — retirar os produtos da tomada e garantir que eles não estão funcionando enquanto a limpeza está acontecendo. Em seguida, basta utilizar o produto mais indicado, como desengordurantes no caso de fogões, e um pano macio e limpo para remover todos os resquícios.

5. Lembre-se de separar um momento para secar

Por fim, é fundamental separar um momento para a secagem dos eletrodomésticos. Muitas pessoas optam por passar um pano limpo e seco ao final, auxiliando no processo de secagem. No entanto, mesmo após isso, é preciso deixar o equipamento parado por alguns minutos para evitar o surgimento de mofo.

Além disso, para a higienização de eletrodomésticos construídos com inox, você precisa remover todos os produtos imediatamente após a limpeza, uma vez que o equipamento pode ficar manchado e tornar-se esteticamente desagradável. Assim, esperando poucos minutos após a ação, já é possível utilizá-lo normalmente.

Você percebe como é fundamental conhecer as melhores práticas para fazer uma excelente limpeza de eletrodomésticos e garantir sua alta durabilidade? Lembre-se de adotar todas as dicas de limpezaque compartilhamos com você para que seus equipamentos fiquem sempre limpos e cheirosos.

E então, o que achou do nosso conteúdo? Se você quer ficar por dentro de todas as novidades sobre eletrodomésticos, assine a nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário