iluminação da cozinha iluminação da cozinha

Como utilizar uma iluminação da cozinha adequada? Saiba aqui!

4 minutos para ler

Quer deixar sua casa mais bonita, moderna e sofisticada? Você pode conseguir esse resultado com a utilização correta da iluminação da cozinha. Veja as dicas que preparamos sobre o assunto!

A cozinha é um dos lugares mais importantes da nossa casa, afinal, é nesse ambiente que preparamos e fazemos nossas refeições, além de ser também uma área social que reúne a família e os amigos. Por isso a iluminação da cozinha é um fator tão essencial!

Esse cuidado na hora de projetar o espaço não é somente estético — apesar de deixá-lo mais bonito e apresentável. Quando o ambiente está bem iluminado, é possível realizar o preparo dos alimentos com mais segurança e eficiência, além de proporcionar mais bem-estar ao se sentar à mesa.

Outro detalhe especial é que a iluminação projetada adequadamente também valoriza a decoração, evidenciando cada ponto da cozinha, como seus eletrodomésticos. Então, que tal conferir nossas dicas e colocá-las em prática?

Valorize a luz natural

Antes de avaliar parte elétrica, lâmpadas e instalações, você já pensou em valorizar a luz natural que incide em sua casa? Isso vale também para a iluminação da cozinha, que pode ser bem aproveitada de várias formas.

A primeira delas é por meio das janelas. Se possível, providencie modelos maiores, em vidro, para que a luz entre durante o dia todo. Muita gente opta por janelas de correr, principalmente sobre a pia, já que é uma forma de otimizar as tarefas culinárias e domésticas.

Além de ser uma saída inteligente, a valorização da luz natural torna sua casa mais sustentável. A economia de energia elétrica é evidente, algo que colabora com o seu orçamento financeiro e com o meio ambiente.

Invista em iluminação pontual

Você deve estar pensando — mas e à noite ou em dias nublados, o que fazer com a iluminação da cozinha? Aí entra a luz artificial, só que pensada de forma estratégica. Isso quer dizer que os focos devem ser pontuais, clareando as áreas de maior uso e também aqueles cantinhos que dão um diferencial ao ambiente.

O que pode ser feito em relação a essa dica é iluminar a pia, o fogão, a bancada e até mesmo a despensa ou os armários. Afinal, são espaços de maior uso, que precisam dessa incidência de luz a fim de proporcionar maior conforto e facilidade no dia a dia.

Instale trilhos de luz

Como colocar a ideia anterior em prática? A resposta é simples: usando trilhos de luz. Até mesmo o teto pode receber uma régua com spots, de maneira que as luzes possam ser direcionadas à bancada, armários, coifa etc.

Se a sua cozinha é preta ou só tem iluminação central, por exemplo, também vale a pena instalar não só esses trilhos e spots, mas também fitas de LED nos próprios móveis, prateleiras e puxadores. Assim, o que a luz principal não consegue iluminar, esses suportes extras “finalizam o serviço” — além de serem um toque a mais na decoração.

Use pendentes

O que deixa a iluminação da cozinha um charme é a utilização de pendentes, que aproximam mais a luz artificial dos espaços de uso e convívio. Essa técnica é muito bem-vinda em bancadas, mesas de jantar e até nas famosas ilhas, que unem tudo ao centro do ambiente, de uma forma moderna, prática e funcional.

Esses pendentes são, inclusive, protagonistas da decoração, podendo variar de tamanhos e estilos de acordo com o espaço. Um mix de modelos, por exemplo, deixa a cozinha irreverente e divertida, mostrando que você é uma pessoa criativa e de personalidade.

Escolha a mesma temperatura de cor

As lâmpadas, quando acesas, têm cores diferentes, você já percebeu? Existem aquelas brancas, que deixam o ambiente mais claro, e as amareladas, que deixam o ambiente mais intimista. Nesse sentido, escolha a temperatura que mais dialoga com o estilo da sua cozinha e priorize isso no projeto luminotécnico.

A iluminação da cozinha é muito mais do que um simples detalhe decorativo — e vai além da luz central, tradicionalmente usada na maioria das residências. Com senso de equilíbrio e pensamento estratégico, é possível deixar seu ambiente ainda mais sofisticado e, de quebra, favorecer seu uso cotidiano.

Gostou das dicas e vai adotá-las para acertar na iluminação da cozinha? Ficou alguma dúvida ou tem mais ideias interessantes? Conte aqui nos comentários!

Posts relacionados

Deixe um comentário