Feijão tropeiro irresistível em 5 passos

3 minutos para ler

O feijão tropeiro é uma das paixões brasileiras. Afinal, o prato não exige tantos ingredientes e tem um sabor muito marcante, perfeito para aquele almoço em família ou para uma reunião de amigos.

Essa famosa e querida receita é muito popular em diversos estados do país, mas você sabe qual a origem dele?

A incrível mistura que originou o feijão tropeiro vem muito da influência do multiculturalismo e da miscigenação na gastronomia do nosso país. Considerado um “prato nômade”, não se tem uma origem definida de um local fixo onde foi criado. Afinal, seu nome vem do movimento do Tropeirismo, atividade realizada por comerciantes que circulavam no lombo de mulas e cavalos pelas regiões centro-oeste e sudeste do Brasil entre os séculos XVII e XX – os chamados tropeiros

A alimentação básica desses comerciantes eram os ingredientes – e alguns outros – que estão no feijão tropeiro como hoje o conhecemos. Com o passar da história, das mudanças na sociedade e das influências das mais diversas culturas as quais temos acesso no Brasil, chegamos à receita do tão amado prato que vamos ensinar hoje.

Feijão tropeiro numa panela amarela com torresmo ao lado

Então, vamos para a cozinha? Já vai aquecendo o seu fogão ou cooktop e prepara os ingredientes, que são: 

  • 4 dentes de alho 
  • 1 cebola média picada
  • 1 couve
  • 5 ovos 
  • 200g de bacon
  • 150g de calabresa
  • 200g de farinha de mandioca
  • 200g de feijão vermelho cozido

Vamos começar a fazer o nosso feijão tropeiro!

  1. Em uma frigideira, refogue a couve como de costume. Transfira-a para um refratário e frite os 5 ovos, sem deixá-los muito secos. Reserve a couve e os ovos.
  2. Em outra panela, refogue o alho e a cebola, sem deixar dourar.
  3. Acrescente o bacon, a calabresa e o feijão vermelho. Frite-os até que fiquem dourados.
  4. Acrescente os ovos fritos e a couve já refogada. Misture bem.
  5. Acrescente a farinha de mandioca. Uma dica para não deixar seco é ir colocando aos poucos e misturando com o restante dos ingredientes até aderir.

Viu como é fácil? Já está pronto o seu feijão tropeiro! Se quiser incrementar, pode acrescentar torresmo ao prato, além de pimentas e ervas a gosto. Para acompanhar, um arroz branco soltinho e até uma farofa caem super bem.

Gostou da receita de feijão tropeiro? Siga acompanhando Atlas para preparar os pratos mais deliciosos nos melhores e mais práticos fogões

Posts relacionados

Deixe um comentário